Porto Velho inicia ano letivo na rede municipal em 9 de fevereiro

Alunos – Foto – Wesley Pontes – SMC

Com o início do ano letivo marcado para o dia 9 de fevereiro, a Prefeitura de Porto Velho já estabeleceu um plano de retorno das aulas presenciais, focado em um sistema seguro contra a covid-19. As ações contemplam toda a rede, que compreende os alunos da educação infantil, ensino fundamental e também da Educação de Jovens e Adultos (EJA) nas escolas da zona urbana e da zona rural.

O plano, segundo a secretária municipal de educação, Gláucia Negreiros, foi elaborado ainda em 2020 e permitiu que, no ano passado, o município priorizasse o ensino híbrido, com aulas presenciais e também de forma remota. O formato deve ser mantido, mas não será opcional. Apenas alunos com comprovação documental poderão permanecer no ensino remoto.

“No ano passado, com o avanço da vacinação para todos os profissionais da educação nós garantimos um retorno presencial de todos os alunos da rede municipal, mas ainda garantimos o ensino híbrido nas sextas-feiras para as famílias que não se sentiam seguras. Existia esse planejamento para contemplar o grupo de alunos com algum tipo de comorbidade. Dessa mesma forma nós continuaremos, em 2022, iniciando neste formato a educação, com o ensino híbrido, mas quase que totalmente presencial, de segunda a quinta-feira. Apenas na sexta-feira haverá o planejamento desses estudantes com comorbidades”, explica.

A vigência de decreto municipal, implantado no ano passado, estabelece a obrigatoriedade de apresentação do cartão de vacina para acesso aos órgãos da administração municipal, incluindo escolas, o que é válido para pais e responsáveis.

“É mais uma forma de garantir a segurança daquele ambiente escolar que muito em breve vai estar recebendo todos os nossos quase 45 mil alunos para o ano letivo de 2022”, reforçou.

VACINAÇÃO DOS PROFISSIONAIS

Outro ponto que assegura o início do ano letivo é a vacinação dos profissionais da educação, que foram priorizados como condição de retorno das aulas presenciais. Conforme a plano de vacinação, já está disponível a dose de reforço para este grupo.

Por SMC