Comdecom

O prefeito Hildon Chaves se reuniu na sexta-feira (11), com o superintendente Célio Lopes, da Fundação Nacional da Saúde – (Funasa/RO) para tratar do projeto-piloto para a instalação de estações de tratamento de água na zona rural.

A Empresa de Desenvolvimento Urbano – Emdur ficará encarregada de realizar a construção das bases de sustentação das caixas de cinco mil litros e realizar a manutenção dos reservatórios.

“Assumimos o compromisso de construir três bases, este é um convênio com a Funasa, onde a fundação vai fornecer toda a estrutura que é de baixo custo com um filtro que tem capacidade de duração de dez anos, para melhor atender e levar água de qualidade à população dos três distritos, assim melhorando saúde pública”, disse o prefeito.

Ao todo serão instaladas três bases de tratamento Salta-Z na zona rural de Porto Velho, uma na Vila Calderita, Vila Rio Verde e outra na comunidade de Nova Aliança.

Sobre o Salta-Z

O sistema Salta-Z foi desenvolvido por servidores da Funasa e também segue o princípio de sustentabilidade, utilizando materiais ecologicamente corretos e custam cerca de 25% menos que os modelos tradicionais.

A Solução Alternativa Coletiva Simplificada de Tratamento de Água, conhecida como Salta-Z, é um projeto da a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) que transforma água suja em potável para o consumo humano das populações mais carentes, ribeirinhas e quilombolas.

O equipamento é um tipo de filtro com tecnologia totalmente brasileira que está sendo considerada uma solução inovadora, além de ser simples consegue atender até 600 pessoas por dia em um custo médio de R$ 15 mil.

Participaram da reunião, o presidente da Emdur Thiago Tezzari a secretaria de saúde da Semusa Eliana Pasini e representantes da Semagric.

Por Comdecom