Fotos: Marcos Figueira-Decom-ALE/RO

O deputado Lazinho da Fetagro (PT) presidiu na manhã desta quinta-feira (26), no plenário das deliberações da Assembleia Legislativa, a Sessão Solene para a entrega de Voto de Louvor ao Projeto Educampo, desenvolvido pela rede de ensino do município de Ji-Paraná desde 2016.

Além do deputado Lazinho, compuseram a mesa de autoridades a secretária estadual adjunta de Educação (Seduc), Maria da Conceição Alves, a secretária municipal de Educação de Ji-Paraná, Edilane Alves Nogueira, a vereadora de Ji-Paraná, Claudia de Jesus (PT), a coordenadora do projeto Educampo, Janete Araújo Pereira, o vice-presidente da Fetagro, Ernesto Ferreira e o ex-prefeito de Ji-Paraná Jesualdo Pires, também homenageado.

“Fazer o novo, é sempre um grande desafio. Implantar algo diferenciado, sempre enfrenta barreiras. E há ainda muito preconceito com o povo do campo, que quase nunca tem as suas peculiaridades respeitadas. Quase sempre, se pensa em projetos para a cidade e o campo fica para depois. E entre eles, a educação, quase sempre”, destacou Lazinho.

O deputado disse ainda “parabenizo a iniciativa do então prefeito Jesualdo Pires, em fazer algo diferente. O povo está cansado da mesmice. Qualquer coisa diferente, com resultados positivos para a população, é muito bem-vinda. Também felicito o atual prefeito de Ji-Paraná, Marcito Pinto (PDT), por ter dado continuidade ao programa”.

Lazinho reforçou que, na sua concepção, o êxodo rural é reforçado principalmente pela questão educacional. “Melhores escolas, um modelo adequado à realidade do campo, levar as condições ideais nas escolas rurais, dão resultados. Sou contra a tal mediação tecnológica e esse projeto Educampo mostra que o profissional da educação, ao lado dos alunos, é fundamental para o êxito no processo de ensino e aprendizagem”.

O parlamentar aproveitou para relatar a recente visita que fez à cidade de Sobral (CE), município com as escolas do melhor IDEB do país. “É muito bom conhecermos esses projetos inovadores e escolhermos os que podem ser aplicados a nossa realidade. Mas, não podemos dizer que tudo está ruim, temos coisas boas, como o Educampo e o trabalho de professores, gestores e os demais profissionais da educação”.

Um vídeo com informações sobre o projeto Educampo foi apresentado, destacando a aplicação da “pedagogia da alternância”, onde os alunos deixam de ser apenas receptores do conhecimento, para também produzirem conhecimento, sendo protagonistas no processo de ensino e aprendizagem.

Pronunciamentos 

O ex-prefeito Jesualdo Pires fez um relato do início do projeto Educampo. “A primeira visita que fiz a uma escola rural, quando prefeito, fiquei chocado com as condições de ensino e com a informação de que, alguns professores diziam aos alunos que eles deveriam estudar para sair do campo. Aquilo me impôs um desafio: melhorar a educação no meio rural”, disse.

Pires aproveitou para fazer um relato de sua vida pessoal “Meu pai era um pernambucano bravo, um retirante que foi para São Paulo aos 16 anos. Era semianalfabeto, mas com uma obsessão para que os filhos estudassem. Ele era severo com os estudos. Me formei em engenharia e construí minha carreira profissional, graças à educação. E essa importância da educação levo para minha vida e para meu trabalho, como gestor público”.

Ele afirmou ainda que “Ji-Paraná tem o melhor IDEB de Rondônia. Temos transporte escolar de qualidade, temos condições de ensino, com escolas estruturadas e aparelhadas. Agradeço ao deputado Lazinho pela homenagem, pelo reconhecimento ao trabalho dos profissionais, que encamparam essa iniciativa e ela se consolidou”.

O ex-prefeito recomendou que a Seduc utilize esse modelo do Educampo, para expandi-lo para a rede estadual. “O jovem precisa assumir o seu papel como empreendedor rural. Não é fixar o homem no campo, mas sim oferecer condições ideais para que ele cresça, se desenvolva, tenha acesso a educação de qualidade, acesso ao crédito rural e seja tratado com respeito e dignidade”.

A adjunta da Seduc disse que, na próxima semana estará em Ji-Paraná, cumprindo agenda de trabalho, e vai aproveitar para conhecer de perto as escolas que integram o projeto Educampo. “Fui gestora escolar e sei das dificuldades das escolas rurais. O ensino precisa ser diferente, precisa ser adequado à realidade do campo e esse é um desafio da nossa pasta. Precisamos ter essa sensibilidade e olhar com um foco diferenciado”.

A vereadora Claudia de Jesus disse que o projeto Educampo “é grandioso e que deu certo, com um ensino voltado à realidade do campo que se tornou referência em Rondônia. A educação no campo é uma pauta antiga e tenho orgulho de o nosso município se sobressair nesse segmento tão importante. Espero que esse modelo possa ser adotado pelo Governo e ser estendido para outros municípios”.

A coordenadora do projeto Educampo, Janete Araújo Pereira, afirmou que “vemos o crescimento de cada educador, de cada aluno atendido pelo projeto. Hoje, os estudantes não querem mais o sistema tradicional, que não é atrativo. Eles querem inovação, querem um ensino motivador”.

A secretária municipal de Educação de Ji-Paraná, Edilane Alves Nogueira, ressaltou que “é um privilégio estarmos aqui, recebendo essa homenagem. É a prova de que o processo, iniciado em 2013, valeu muito a pena. Trouxemos do ‘chão da escola’ as experiências e necessidades e o então prefeito Jesualdo Pires nos deu carta branca para agirmos e isso também foi decisivo. O atual prefeito, Marcito Pinto, também deu o mesmo apoio”.

Ernesto Ferreira falou sobre o começo do Educampo, na escola no final da Linha 98, que iria ser fechada, mas mudou o formato de trabalhar junto aos alunos e à comunidade. “É com muito orgulho que hoje falamos daquela escola, que estava para ser fechada, mas a ação do prefeito Jesualdo e de sua equipe, fez uma transformação”.

Voto de Louvor 

O ex-prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires, que implantou e estimulou o projeto Educampo, recebeu das mãos de Lazinho da Fetagro o Voto de Louvor em reconhecimento a sua iniciativa como gestor. Foram homenageadas com o Voto de Louvor as escolas rurais Escola Pérola, Irineu Antônio Dresh, Professor Edson Lopes, Nova Aliança, Bárbara Heliodora, Professor Paulo Freire, com diretores e professores recebendo a homenagem.

Também foram contemplados com Voto de Louvor a coordenadora do projeto Educampo, Janete Araújo Pereira, a secretária municipal de Educação de Ji-Paraná, Edilane Alves Nogueira, o presidente da Comissão de Implantação do Projeto Educampo, Renato Eberson de Souza dos Santos, a idealizadora do Projeto Educampo e atualmente servidora do Instituto Federal de Educação (IFRO), Leiva Custódio Pereira e o superintendente do Transporte Escolar, Antônio Marcos Gross dos Santos.

Por Eranildo Costa Luna – Decom ALE/RO