Resumo de Triunfo do Amor: capítulo de hoje, segunda-feira, 22 de março

Resumo Triunfo do Amor – Foto: Divulgação/SBT

Saiba o que vai acontecer no próximo capítulo da novela Triunfo do Amor, do SBT. Resumo de Triunfo do Amor: capítulo de hoje, segunda-feira, 23 de março.

Helena cambaleia chorando por causa do bebê. “Meu bebê, meu bebê … eu o matei, eu o matei … eu matei meu bebê!” Max procura por Helena e Bernarda afirma não saber onde ela está. Max se despede. Bernardo reclama que Max deveria estar morto.

Maria pergunta o que João Paulo teria feito se soubesse sobre ela antes de fazer seus votos. Ele diz que teria renunciado, mas eles não podem mudar o passado. Ele pede novamente que ela o perdoe. Ele diz que a ama. Maria pede que ele não saia: “Não vá, pai! Não vá! Por favor, não vá! Não me deixe.”

Helena está viajando com as drogas em algum lugar no meio da cidade. Ela cambaleia pelas ruas e pára em frente a uma loja que exibe o comercial de Maria. Ela murmura algumas maldições e continua cambaleando. João Paulo insiste com Maria que sua mãe nunca a abandonou; que em vez disso ela a perdeu e nunca poderia encontrá-la novamente.

Ele reitera que está preso a uma confissão e, portanto, não pode dizer a ela o nome da mãe dela. Ele dá a ela a cruz que Vitória deu a ele antes de ir para o seminário, e sugere que pode ser um pouco de consolo até que Deus a reúna com sua mãe. Maria está grata por finalmente ter algo que pertenceu à sua mãe. Mais lágrimas e abraços.

No dia seguinte, na Casa Bernada, uma Helena muito drogada está sozinha no palco, dizendo a si mesma, entre engolir os comprimidos, que ela ainda é a modelo top lá. De repente, há uma lâmina em suas mãos e ela está hipnotizada por ela.

Ela coloca a ponta da lâmina em seu pescoço, mas ainda não tem força suficiente para fazer a ação. Fausto passa na casa de Maria para lhe dar a notícia do acidente de Max com um trem de carga. Fausto cuida do bebê enquanto Maria corre para a sala de espera do hospital.

Na Casa Bernarda, Rosana se aproxima de Helena no momento em que ela tenta cortar o pulso. Helena cai no chão em lágrimas, falando sobre Max e o bebê estarem mortos e um trem os arrastando. Nathy conta a Milagre que João acabou de convidá-la para dançar naquela noite. Max vê Helena sendo levada para uma ambulância.

Rosana chega para culpá-lo pelo colapso de sua filha. Um pouco depois, no manicômio, Helena ganha um pouco de lucidez e é imediatamente assolada pela lembrança de ver Max e seu bebê presos nos trilhos do trem. Ela tenta explicar isso, mas Rosana acha que são apenas as reclamações de uma filha em colapso.