Brasileirão: Corinthians é superado pelo Fluminense no Maracanã

Corinthians - Foto-Rodrigo Coca - Agência Corinthians
Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Na tarde deste domingo (13), o Corinthians voltou a campo pelo Brasileirão. Pela 10ª rodada do nacional e com o técnico interino Dyego Coelho no comando, o Alvinegro acabou derrotado pelo Fluminense, no Rio de Janeiro, pelo placar de 2 a 1. Mateus Vital marcou o gol do Corinthians na segunda etapa.

Timão escalado!

O técnico interino Dyego Coelho decidiu levar a campo os onze iniciais com: Cássio (capitão), Michel Macedo, Bruno Méndez, Gil e Lucas Piton; Gabriel, Éderson, Cantillo, Gustavo Silva e Otero; Jô. Durante a partida entraram Everaldo, Mateus Vital, Camacho, Ramiro e Sidcley. À disposição no banco de reservas estavam: Walter, Guilherme, Ronald, Xavier, Araos, Roni e Davó.

Primeiro tempo

A primeira etapa começou com o Corinthians se resguardando no campo de defesa e, logo aos sete minutos, Nenê abriu o placar para o Fluminense. Mesmo sofrendo o gol, o Alvinegro continuou com dificuldades para ficar com a bola e passar do meio campo.

Aos 17 minutos, o Timão realizou a primeira alteração da partida. O atacante Everaldo entrou na vaga de Éderson, com o objetivo de buscar profundidade pelos lados do campo e mais agressividade. O primeiro ataque Alvinegro ocorreu aos 20 minutos. Em cobrança de falta batida por Otero, a bola foi direto para o gol e contou com desvio do goleiro.

A partir da metade do primeiro tempo, o Corinthians conseguiu dar mais equilíbrio para a partida, a fim de buscar o gol de empate. O Timão chegou novamente aos 37 minutos. Otero cobrou falta direto para o gol, a bola fez uma curva exigindo agilidade do goleiro adversário para fazer a defesa e mandar a bola para escanteio.

O último lance do primeiro tempo foi do Fluminense. Em cruzamento na área, o jogador adversário chegou para cabecear e exigiu grande defesa do Cássio, que espalmou para fora.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para a etapa final com a segunda alteração da partida. Mateus Vital entrou no lugar de Gustavo Silva. A etapa final começou equilibrada com as duas equipes buscando o ataque. A primeira chegada do Timão na segunda etapa foi aos sete minutos. Otero cobrou escanteio na segunda trave e Gil ajeitou para Gabriel, que chegou finalizando para fora.

Com o jogo travado no meio-campo o técnico Dyego Coelho realizou duas alterações aos 12 minutos: entraram Camacho e Ramiro, nas vagas de Cantillo e Gabriel.

O Timão atacou novamente com 15 minutos. Everaldo fez boa jogada individual pela direita, driblou o zagueiro, chutou cruzado e o goleiro fez a defesa. Aos 16 minutos, o Alvinegro chegou pela direita com Michel Macedo, que cruzou para Everaldo e, de cabeça, fez o gol, mas foi anulado pelo bandeira por impedimento do lateral.

Após a pausa para hidratação aos 30 minutos, o Corinthians fez sua última e quinta alteração. Sidcley entrou no lugar de Lucas Piton.

Aos 40 minutos, em bola cruzada na área do Corinthians, a bola bateu na mão de Bruno Méndez e o juiz marcou pênalti. Nenê cobrou e ampliou para o time carioca. Um minuto antes dos acréscimos, Mateus Vital a recebeu bola na grande área, tentou finalizar de bicicleta, mas o goleiro fez a defesa.

Nos acréscimos, Michel Macedo sofreu falta perigosa e o árbitro foi rever o lance na cabine do VAR. Após verificar o lance, o juiz decidiu expulsar o jogador.

Aos 49, Otero cruzou a bola na segunda trave, Gil cabeceou para o meio da área e Mateus Vital diminuiu para o Corinthians, que teve sua última oportunidade na partida

Próximo jogo

Após a partida deste domingo, o Corinthians volta a entrar em campo na noite da próxima quarta-feira (16), novamente pelo Brasileirão. O Alvinegro recebe o Bahia, na Neo Química Arena, em jogo válido pela 11ª rodada do campeonato nacional, às 21h30 (horário de Brasília).

Por Agência Corinthians