GeralÚltimas Notícias

Conselho de Desenvolvimento aprova concessão de incentivos e participação de Rondônia em feiras

Na última reunião do ano, realizada na tarde de segunda-feira (18), o Conselho de Desenvolvimento de Rondônia (Conder) aprovou, além do investimento de pouco mais de R$ 6 milhões no alfandegamento do aeroporto Governador Jorge Teixeira, a inclusão de novos produtos à base de milho comercializado pela Rical Rack – Industria e Comércio de Arroz Ltda., instalada em Ji-Paraná.

A empresa é contemplada com incentivo na produção de arroz, e pleiteou a inclusão de derivados de milho, o que foi aprovado por unanimidade, após manifestação do superintendente da Suder, Basílio Leandro de Oliveira e de outros conselheiros, além do dirigente da empresa, Pedro Rack.

Pedro Rack disse que o incentivo tributário tem contribuído para o crescimento da empresa em Rondônia. Instalada em Ji-Paraná, antes de obter o incentivo tributário em 2009 tinha uma unidade, 40 funcionários e três caminhões, e hoje já chega a cinco unidades, mais de 400 funcionários e frota superior a 70 caminhões, possuindo fazenda no sul do estado. Seu faturamento saltou de R$ 4 milhões para mais de R$ 150 milhões ao ano.

Ele fez ainda um relato sobre o arroz em Rondônia, destacando que hoje 70% do arroz de Rondônia é industrializado no próprio estado, anunciou que a empresa irá construir usina de geração de energia utilizando casca de arroz (biomassa) e manifestou concordância de que não se pode manter incentivos somente para determinada empresa empacotar produtos. “Não viemos pedir incentivo sem ter investimento direto na agricultura”, disse.

Foi aprovado também a concessão de incentivo tributário para a R. L. Indústria e Comércio de Revestimentos Ltda., de Cacoal, com nome fantasia Royale, com investimento realizado superior a R$ 500 mil, e nove funcionários.

Os conselheiros aprovaram ainda a transferência de titularidade do incentivo tributário da Gazin Indústria e Comércio de Móveis e Eletrodomésticos para a Gazin Industria de Colchões Ltda. a partir de 1º de janeiro de 2018.  Segundo o superintendente da Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), Gilberto Baptista, a empresa fabrica colchoes e peças de estofados em Vilhena, importando inclusive para a Bolívia.

Manifestaram-se na reunião dos dirigentes da Gazin Leandro Gonçalves de Souza e Alair Cesar Pinto Filho.

A secretaria adjunta da Agricultura Mary Braganhol solicitou a liberação de R$ 150 mil para participação de Rondônia na 30ª edição do Show Rural Coopavel, no Paraná. O Estado, por vir se destacando com a 7ª Rondônia Rural Show, está sendo convidado pelos organizadores a participar. O evento acontecerá de 5 a 9 de fevereiro de 2018. É uma feira com mais de 200 mil visitantes em sua última edição.

Segundo Mary, o governo de Rondônia poderá montar um estande com 230 metros quadrados, e poderá realizar palestras diversas sobre o potencial de agronegócio do estado e realizar visitas a agroindústrias locais. O Conder aprovou por unanimidade a participação na tradicional feira de Cascavel.

O Conder aprovou ainda o investimento de R$ 220 mil para o estado de Rondônia participar da Intermodal South América, feira internacional de logística, no estado de São Paulo, de 13 a 15 de março de 2018.

Com R$ 36 milhões em saldo, o Fundo de Investimentos para o Desenvolvimento Industrial de Rondônia (Fider) tem pouco mais de R$ 16 milhões para deliberação de projetos pelos conselheiros, e mais de R$ 19 milhões em projetos de incentivo ao desenvolvimento estão em execução ou aguardando execução, segundo informou Basílio Leandro aos membros do Conder.

Fonte: Secom – Governo de Rondônia


COMENTAR

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close