Futebol Feminino: Corinthians bate a Ferroviária e abre vantagem nas semis do Brasileirão

Divulgação/Twitter/Corinthians

O Corinthians abriu boa vantagem na disputa por uma vaga na decisão do Brasileirão Feminino Neoenergia. Jogando na Fonte Luminosa, o Timão bateu a Ferroviária por 3 a 1, na noite deste domingo (29), pelo jogo de ida da semifinal. Com o triunfo, as alvinegras podem até perder o segundo confronto por um gol de diferença para carimbar a classificação.

Já a Locomotiva vai precisar vencer o duelo de volta por três gols de vantagem para ficar com vaga no tempo normal. Ou igualar o saldo de gols para levar a decisão para os pênaltis. O segundo e derradeiro confronto acontece no dia 5 de setembro, em Barueri.

O jogo

As equipes protagonizaram um grande primeiro tempo na Fonte Luminosa. Antes dos dez minutos, o placar já mostrava 1 a 1. Logo aos três, Vic Albuquerque recebeu ótimo passe de Gabi Portilho, dominou bonito e bateu no cantinho para colocar o Timão na frente. Cinco minutos depois, Barrinha fez o cruzamento e Yasmin aproveitou para empatar a partida para a Ferroviária.

Querendo retomar o controle do marcador, o Corinthians voltou a assustar com Vic Albuquerque. Mas foi numa pintura de Gabi Zanotti, que os visitantes marcaram o segundo. Aos 18 minutos, depois de mais uma participação de Vic Albuquerque, dessa vez cobrando escanteio, a camisa 10 emendou a bicicleta para o fundo das redes. No embalo do golaço, Tamires e Juliete também assustaram para o Alvinegro.

Do outro lado, a Locomotiva teve duas boas chances para deixar tudo igual novamente. Aos 35, Aline Milene saiu de frente para o gol, mas viu Kemelli fazer grande defesa. E, já nos acréscimos, Carol Tavares pegou uma sobra dentro da área e bateu por cima da meta adversária.

Na volta do intervalo, o jogo continuou em ritmo acelerado. Com menos de um minuto, Vic Albuquerque por pouco não marcou mais um para o Corinthians. Enquanto, aos cinco, Rafa Mineira arriscou para o time da casa, mas carimbou o poste. Minutos depois, o Timão chegou mais duas vezes com Tamires e Dri, que pararam em grandes defesas da goleira Luciana. Na resposta rápida, Carol Tavares, aos 13, quase anotou o segundo das guerreiras grenás.

Nos minutos seguintes, as alvinegras passaram a tomar conta do jogo. E, aos 26, após boa trama no ataque, Ingryd achou Zanotti, que deu ótimo cruzamento para Erika matar no peito e finalizar sem chances de defesa: 3 a 1. Mesmo depois do terceiro gol, o Timão seguiu com mais volume de jogo e ainda teve chance de marcar mais um com Jheniffer, que acertou o travessão.

Por CBF