Fernando Frazão/Agência Brasil

A prefeitura de São Paulo fará bloqueios de trânsito em avenidas da capital a partir da próxima segunda-feira (4). A restrição ao fluxo de veículos tem o objetivo de colaborar para a ampliação da taxa de isolamento social na cidade, que está abaixo de 50%, de acordo com a prefeitura. A taxa ideal para combater a propagação do novo coronavírus, de acordo com as autoridades de saúde, é de 60% a 70%.

Segundo a prefeitura, caso a adesão da população ao isolamento não aumente a partir de segunda-feira, os bloqueios em vias da cidade poderão ser planejados e realizados durante todo o dia, como tentativa de aumentar a restrição e desestimular as pessoas a saírem de casa.

No feriado do Dia do Trabalhador (1), a capital atingiu isolamento de 55%. No entanto, desde quarta-feira (27), a taxa de isolamento não tinha passado dos 48%. O maior nível de isolamento na cidade foi 59% e ocorreu em apenas dois dias desde o início da pandemia: 29 de março e 5 de abril.

Bloqueios

Os bloqueios nesta segunda-feira ocorrerão das 7h às 9h em algumas avenidas que costumam ter grande circulação de carros, preservando-se uma faixa livre para passagem dos veículos. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai monitorar os bloqueios e orientar o tráfego nas regiões. Os locais que receberão bloqueio são:

Zona Sul Zona Norte Zona Leste Zona Oeste
Av. Moreira Guimarães (B/C) x Av. Miruna Av. Santos Dumont (B/C) x Av. do Estado Av. Radial Leste (B/C) x Rua Pinhalzinho Av. Francisco Morato (B/C) x Rua Sapetuba

Além da CET, a ação conta com o apoio da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran). Blitze educativas vão acontecer em outros dois endereços, ambos na zona oeste, também entre 7h e 9h: Av. Dr. Vital Brasil (B/C) x R. Camargo; e Av. João Paulo I (B/C) altura do n° 2.868.

Para combater a covid-19, a prefeitura divulgou as seguintes recomendações:

► Se possível, fique em casa. O distanciamento social é ferramenta de prevenção e deve ser respeitado;

► Se precisar sair de casa, use máscara;

► Evite aglomerações ou locais pouco arejados;

► Cubra sempre a tosse (não utilizando as mãos, mas os braços);

► Utilize lenços descartáveis e jogue-os no lixo após o uso;

► Lave as mãos frequentemente com água e sabão;

► Evite tocar nos olhos, nariz e boca;

► Não compartilhe objetos de uso pessoal.

Por Agência Brasil