Reprodução/Facebook

O governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha (PSL), informou na noite desta quarta-feira (25/03) que parte do comércio será aberto e que a medida vai de apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Na terça-feira (24/03), o presidente minimizou a pandemia de Covid-19, atacou a imprensa e criticou medidas aplicadas por governadores para conter o avanço do surto. O presidente chamou a Covid-19 de “gripezinha” e pediu a volta da normalidade.

“Segmentos do setor produtivo não podem parar. Para isso, incluímos alguns itens em um novo decreto que apenas acrescenta novas medidas que estão sendo adotadas”, disse o governador.

“Lembrando que eu sou um apoiador e sou uma pessoa amiga do presidente Bolsonaro”, acrescentou.

A nova estratégia foi anunciada pelo governador durante live realizada na sua página do Facebook, na noite de quarta-feira, (25).

Durante a live em sua página do Facebook, o governador esteve ao lado do secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves; do secretário de Estado de Finanças (Sefin), Luís Fernando Pereira; e do Secretário de Estado da Saúde, Fernando Rodrigues Máximo.

Por outro lado, a maioria dos governadores do país decidiram manter as regras de isolamento mesmo com as afirmações de Bolsonaro.

Veja os serviços que irão funcionar de acordo com o governador:

  • Restaurantes da beira da estrada
  • Borracharias e empresas de serviços de manutenção
  • Hotéis (desde que o café da manhã seja no quarto)
  • Construção civil
  • Funerárias
  • Escritórios de contabilidade
  • Lojas de materiais de construção
  • Lojas de agronegócio

Veja o vídeo

https://www.facebook.com/celmarcosrocha/videos/728853464316308/