Resumo da Novela A Usurpadora – 17/06

Novela » A Usurpadora em 17/06/2015: Paulina chega ao presídio e vai parar na mesma cela em que está Antônia. Carlinhos volta para casa e insiste que quer ver “sua mãe”. Willy e Estephanie decidem retirar do banco uma grande quantia em dinheiro, já que seus irmãos se recusam a lhe pagar uma pensão, mas quando Willy chega ao banco, recebe a informação de que não poderá retirar nada sem a aprovação de Rodrigo ou de Carlos Daniel.

O Dr. Montezinos conta a Carlos Daniel que Paulina se confessou culpada para defender a irmã e comunica a ele que desistiu do caso. Carlos Daniel vai até o presídio para falar com Paulina e tenta convencê-la a mudar seu depoimento, mas Paulina se nega a acusar Paola e pede a Carlos Daniel que não volte mais ao presídio. Osvaldo procura o Dr. Edmundo Serrano, um dos melhores advogados do país, para defender Paulina e pede a Lurdes um cheque em branco para poder pagar os honorários.

Por coincidência, Leda e Edmundo se conhecem e ao saber que ele está prestes a defender Paulina, tenta convencê-lo a não aceitar o caso com o argumento de que Paulina é uma de linqüente. Desesperado com a desistência do advogado e com a decisão de Paulina de não se deixar defender, Carlos Daniel decide procurar outro advogado, que por coincidência é o Dr. Edmundo Serrano. Convencido por Osvaldo e Carlos Daniel, Edmundo vai ver Paulina.

Resumo da Novela A Usurpadora – 17-06

 

Compartilhe...Share on TumblrEmail this to someonePin on PinterestShare on RedditShare on Google+Print this pageTweet about this on TwitterShare on FacebookDigg thisShare on LinkedIn